Ação de sensibilização para a necessidade de um Turismo de Inclusão

No âmbito da Prova de Aptidão Profissional, a aluna Luana Correia, do 12.º Ano, do Curso de Turismo Ambiental e Rural fez uma sensibilização para a necessidade de um turismo de inclusão, acessível para pessoas com necessidades especiais.
Para tal convidou a ex-aluna da Escola, Mélissa Muacho para dar o seu testemunho, em termos das dificuldades que sente enquanto turista.
Foi uma conversa bastante positiva, agradecemos a sua presença e o seu testemunho . Não devemos esquecer o que a Organização Mundial de Saúde afirmou em 2011 – ” A deficiência é parte da condição humana.
Quase todas as pessoas, ao longo das suas vidas, virão a estar incapacitadas, de forma temporária ou definitiva, e todos aqueles que sobreviverem até uma idade avançada experimentarão crescentes dificuldades funcionais “.