Os efeitos da pandemia na saúde mental de crianças e jovens e a saúde mental na prevenção da violência – ação de sensibilização –

Após quase 2 anos em pandemia, começam a ser divulgados dados de muitos estudos sobre as consequências negativas que a Covid-19 tem tido noutras áreas, não sendo a saúde mental exceção.

No dia 13 de dezembro, realizou-se na Escola Secundária de Campo Maior uma ação de sensibilização que abordou os efeitos da pandemia na saúde mental de crianças e jovens, tendo-se também apresentado alguns dados sobre um pequeno estudo estatístico numa amostra de alunos da escola. Explorou-se igualmente a relação existente entre a saúde mental e a violência que também se agravou em vários contextos durante a pandemia, o que tem sido muito noticiado. Pretendeu-se sensibilizar e alertar os jovens para a importância da saúde mental e para não terem atos de violência, promovendo-se formas de atuação que visam a prevenção e informar de como podem ter apoios especializados e adequados a cada situação.

Este evento foi organizado pelos alunos Pedro Largueiras e Iolanda Gaião do Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde, no âmbito das respetivas Provas de Aptidão Profissional, tendo a colaboração dos psicólogos Paula Pereira e Arnaldo Trindade do SPO deste Agrupamento. No auditório, estes alunos e o psicólogo Arnaldo Trindade dinamizaram palestras a que assistiram as turmas dos diferentes Cursos Profissionais. Está também patente uma pequena exposição na Biblioteca da Escola Secundária sobre a Saúde Mental  que pode ser visitada por todos.